Ainda que hoje existam diversas ferramentas de gestão de frotas para tornar essa atividade mais eficiente e produtiva, ao menos em tese, elas sozinhas não garantem uma boa gestão de frotas, visto que precisam de profissionais qualificados e competentes para operá-las. Por isso, contar com um gestor de frotas é essencial.

Nesse sentido, no texto de hoje, vamos apresentar quem é o gestor de frotas e quais são as suas principais competências ou atribuições para que desenvolva essa atividade com excelência. Confira!

O gestor de frotas: quem é ele?

O gestor de frotas é o profissional responsável por gerir todas as atividades relacionadas à frota de uma empresa. Isso significa que cabe a ele, por exemplo, administrar os recursos humanos, como motoristas e profissionais de manutenção de veículo, os automóveis e os fornecedores envolvidos nessa operação, como os gerentes de oficina e postos de combustível.

Além disso, cumpre a ele controlar e planejar os gastos do setor, incluindo os custos relacionados à manutenção dos veículos, pois é preciso que estes operem com eficiência.

Competências do gestor de frotas

De acordo com especialistas, o gestor de frotas precisa ter algumas competências para desenvolver essa atividade com excelência. A seguir, apontamos as principais:

• Liderança

É preciso saber liderar, visto que o gestor de frotas se coloca como um articulador central, gerindo a sua equipe de trabalho e mantendo um intenso relacionamento com os fornecedores envolvidos.

• Conhecimento em planejamento e controle

O gestor de frotas precisa saber elaborar um planejamento e dominar ferramentas de controle, pois se tratam de soluções essenciais para que o setor de frotas alcance os seus objetivos com eficiência e produtividade.

• Organização

Ser organizado é também uma competência exigida do gestor de frotas, considerando que ele vai administrar uma área que, geralmente, conta um grande fluxo de atividades, de acordo com as demandas da empresa e do mercado.

O gestor de frotas e o trânsito

Destacamos esse tópico, porque consideramos importante a relação que deve haver entre o gestor de frotas e o trânsito. Mas qual é o sentido dessa relação? É papel do gestor de frotas não apenas gerir os veículos e os motoristas, por exemplo, mas também dominar as tecnologias que facilitem as operações da empresa.

Assim, é dever dele dominar aplicativos de GPS, entre outras soluções que tornem o dia a dia mais ágil e menos custosas para a empresa.

Contar com tecnologias de monitoramento do veículo é também algo a ser considerado pelo gestor de frotas, para que consiga cumprir a sua missão com excelência.

Além disso, deve sempre contar com um plano de reserva, para atender a situações emergenciais, como acidentes em trânsito.

O gestor de frotas, como vimos, é um grande profissional dentro de uma empresa, considerando a relevância do seu papel para o funcionamento desta.

Gostaria de ler outros artigos como este? Então, confira agora mesmo o nosso blog!

Join This Conversation